CidadesCosta RicaEsportesInterior
Tendência

Costa Rica libera entrada de torcedores com garrafas de água no Laertão e amplia número de bebedouros

O Costa Rica divulgou, na manhã desta quarta-feira (24), que vai permitir a entrada de torcedores no Estádio Laertão com garrafas de água plásticas transparentes. A decisão se dá após a proibição feita por seguranças no Estádio Douradão, no domingo (21).

A proibição, segundo o gerente de segurança do local, Eriobaldo Pimentel, foi feita por orientação da Polícia Militar, que segue as diretrizes da Lei Geral do Esporte. No artigo 159 da lei consta: “não portar materiais que possam ser utilizados para a prática de atos de violência”.

No entanto, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), alertou que a organização dos jogos “não pode negar o acesso à água aos consumidores que estejam portando garrafas em recipiente autorizado”.

Dessa forma, a diretoria da Cobra do Norte tomou a decisão de liberar o acesso dos torcedores com o recipiente, desde que cumprindo as especificações necessárias: “garrafas pet, transparentes com água ou gelo”.

NÃO VEMOS MOTIVO ALGUM PARA PRIVAR O TORCEDOR DE LEVAR ÁGUA E GELO, PRINCIPALMENTE LEVANDO EM CONTA O CALOR ESCALDANTE QUE TEMOS PRESENCIADO NOS TEMPOS ATUAIS”, DESTACOU A ASSESSORIA DO CLUBE.

 

Estádio Laertão, em Costa Rica. — Foto: Costa Rica Esporte Clube/Divulgação
Estádio Laertão, em Costa Rica. — Foto: Costa Rica Esporte Clube/Divulgação

Segundo a assessoria, não foi registrado nenhum caso de incidente com garrafas nessas especificações. No caso das garrafas transparentes, a assessoria enfatizou ainda que é possível visualizar objetos indevidos sendo transportados dentro do recipiente, dificultando possíveis ações criminosas, explicou.

O estádio conta com dois bebedouros disponíveis aos torcedores, com água gelada, mas a quantidade será ampliada para o próximo confronto no Laertão.

HOJE JÁ PROVIDENCIAMOS MAIS DOIS QUE SERÃO INSTALADOS JÁ PARA A PRÓXIMA PARTIDA. OS QUE JÁ TEMOS TEM ÁGUA GELADA, E OS QUE SERÃO INSTALADOS AGORA, TAMBÉM TERÃO”

Comunicado divulgado nas redes sociais do Costa Rica. — Foto: Reprodução/Crec
*Por Isabelly Melo, ge MS
Botão Voltar ao topo