Chapadão do SulCidadesInterior
Tendência

Chapadão do Sul celebra posse dos novos conselheiros do CMAS para o biênio 2024/2026

Na última quarta-feira, 24 de janeiro, a Prefeitura de Chapadão do Sul, por intermédio do Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), promoveu a cerimônia de posse dos novos Conselheiros para o biênio 2024/2026. O evento foi marcado por momentos significativos, ressaltando o papel crucial desse órgão na coordenação da Política de Assistência Social do município.

O CMAS, instituído pela Lei Municipal nº 222 em 8 de novembro de 1995, desempenha um papel vital ao acompanhar e coordenar a aplicação de recursos e a execução de ações na área da Assistência Social em Chapadão do Sul.

A Secretária de Assistência Social, Sra. Maria das Dores Zocal Krug, foi representada por sua Adjunta, que acolheu calorosamente os novos membros e expressou votos de sucesso em seus mandatos. A representante destacou a importância da colaboração entre os Conselheiros e enfatizou a contribuição única que cada membro traz para o colegiado.

O CMAS é composto por seis membros titulares e seus respectivos suplentes, com uma composição equitativa entre representantes do governo e da sociedade civil. Os membros possuem mandato de dois anos, com a possibilidade de uma única recondução por igual período.

Durante a cerimônia, também ocorreu a eleição para a primeira mesa diretora do CMAS, resultando na escolha da conselheira titular não-governamental, representante dos Trabalhadores do Setor, Márcia Maria da Costa Lopes, como presidente. A vice-presidência ficou a cargo da conselheira titular governamental, representante da Secretaria Municipal de Saúde, Yblia Menezes de Souza. Essa mesa diretora terá mandato de um ano, compreendido entre 24 de janeiro de 2024 e 23 de janeiro de 2025.

A formação da nova gestão do CMAS reflete o comprometimento da comunidade de Chapadão do Sul com a promoção do bem-estar social e a efetivação de políticas inclusivas e transparentes. A Prefeitura reitera seu compromisso com a participação cidadã e a construção de uma rede sólida de assistência social para o desenvolvimento sustentável do município.

Fonte: Assecom PMCHS

Botão Voltar ao topo